quinta-feira, abril 28, 2005

FAROL DE ESPOSENDE II



"Em Dezembro de 1866 recebia a barra de espozende uma luz de porto ou farolim lenticular montado no seu respectivo candelabro de ferro, colocado no antigo forte à entrada da barra.
A luz é vermelha e tem um alcance de 7 a 8 milhas em boas condições atmosféricas. Esta obra foi feita pela nova oficina de faróis".
...
...
C.A. Pinto Ferreira
"Breve Dissertação sobre Pharoes"
A propósito de uma visita à Exposição
Universal de Paris em 1867
...
...
A verdade é que se tratava de uma luz rudimentar, como aliás fazia notar o presidente da Comissão de faróis e balizas, Conselheiro Guilhermino Augusto de Barros, no seu discurso inaugural no seio da Comissão a que presidia:
"(...) Os pharolins dos Concelhos de Vianna e esposende estão como é de uso ao ar livre, e nasceram de exigencias de ocasião, destinando-se o segundo a enfiar com uma luz que nunca se collocou".
Por curiosidade, esta primeira luz que existiu em Esposende, que podemos justamente considerar a percusora do farol, foi uma das primeiras alimentadas a petróleo instaladas no nosso país, em substituíção do azeite de oliveira até então empregado para iluminação.
...
...
Onde a Terra Acaba
História dos Faróis Portugueses

2 comentários:

Anónimo disse...

Speaking of youth hostels, anyone know what happened to Backpack Earth? I was getting ready to book my entire trip and the site is half down it looks way different. Anyone?

Anónimo disse...

Ora aqui está um sitio que eu já devia ter descoberto faz muito tempo. Eu que adoro os assuntos relecionados com farois....
Os meus parabens pelo blog.
Voltarei muitas mais vezes.
R.Pedro