domingo, maio 15, 2005

FAROL DO CABO DA ROCA



Erigido no ano de 1772 foi este um dos faróis previstos no alvará de 1 de Fevereiro de 1758 da Junta Geral da Fazenda do Reino.

Do equipamento que primitivamente nele foi instalado não nos chegou noticia, mas certamente se coaduna mal com as necessidades de sinalização daquele ponto da nossa costa continental.

O edifício em que assenta esta lanterna consta de uma pequena torre quadrangular construída em alvenaria, sobre a qual se eleva um sócco de cantaria de 1,90 m de altura, com oito faces de 1,91 m cada uma, para sustentar a lanterna.




Onde a Terra Acaba
História dos Faróis Portugueses

1 comentário:

Azenhas disse...

Amigo Villas, hei-de cá passar com mais tempo pata saborear todos os teus farois aqui no Finisterra...

Fica aquele abraço.